sábado, 21 de agosto de 2010

Mais um “sopro” de letras

por Marcelo Moraes

Um bolo e duas velas!

E cá estou novamente num outro 21 de agosto, agora de 2010, para uma nova postagem dizendo que o que antes era um, agora virou dois! Meu blog marca mais um ano de vida, ou melhor, DOIS ANOS de vida! Alegria é pouco para firmar mais doze meses de arquivos com histórias, desabafos, ironias, conquistas, notícias, enfim, palavras que não voltam mais, mas que podem voltar a fazer parte de uma nova história, afinal, estão aqui, querendo que sejam lidas sempre. Nem parece que este tempo passou, mas é de se saber o quanto este espaço me ajudou; me fez e me faz bem; me traz o que muitos ao nosso redor, não se importam em trazer: respeito, ajuda, amizade, troca. Aprendo sempre, ora visitando, ora pesquisando, ora comentado, ora pensando, ora postando...Enfim, querendo sempre buscar um novo “alguma coisa” para aprender. E neste tempo, aprendi que o que fazemos também é importante para quem nos lê; que podemos sim ajudar alguém com nossas palavras. Sim, aquelas que, às vezes, achamos que são sem nexo, apenas para soltar um pouco do que pensamos ou queremos expor sobre algum assunto, sobre algum sentimento.

Sei lá se sei o que digo,

Ou sei lá se o que digo eu sei,

Só sei que sei que digo...
Só sei que sei
Que o que eu sei que digo
Talvez nem eu mesmo sei...

Num ano em que falar de sustentabilidade é muito mais que uma simples “moda”, temos que ver, também, que nos fazer bem é um dos meios de praticarmos este ato, aumentando nossa qualidade de vida com aquilo que nos dá prazer. E isso, o blog cumpre muito bem.

Consigo admirar o que escrevo
Consigo escrever sobre o que admiro
Se admiro, consigo escrever
Se não escrevo, não admiro...
Ou seria nada disso?

Trago um pouco de mim por aqui e não sei se isso faz mal a alguém, pois se sofro de alguma doença, meu tratamento está sendo bem feito por aqui, sob doses de postagens firmes ou leves, de imagens claras ou obscuras; de intuições ou imaginações profundas, mas está aqui um pouco de mim. Se há cura para esta dor, prefiro não curá-la, pois foram com estas palavras que fui colhendo alguns amigos que hoje são mais que um visitante para mim, eles nos dão a companhia que só nós aqui sabemos bem, muito bem. E quantas vezes isso já foi postado pelos blogs afora?

Em dois anos ainda erro

Mas também acerto

Descubro e esqueço

Lembro, mas não prometo

Depois retorno com tudo

Partindo prum novo começo...

Não tenho a sensação de estar só, não trago nada porque não quero pra mim, quero para nós. Então, o que podemos compartilhar, vou da minha maneira, aqui postar.

Meu jeito de falar é complicado
Ora vira verso

Ora vira prosa
É doido
Mas é lúcido
É hilário
Mas não é plágio
É autêntico
Mas não é idêntico
Pois não é como remédio
Que empilhado como prédio
Todos o chamam de genérico.

Queria fazer uma festa, mas não sou eu o diário, então, os meus amigos, eu não poderia convidar. Por isso deixei que o meu diário comandasse tudo: som, luz, salão, comidas, bebidas e convidados. E qual foi a minha surpresa quando ele me mostra a lista? Foi descobrir que todos aqueles amigos seus eram, na verdade, os meus também.

E no fim

Descobrimos também

Que todos nós somos um

E que este um vira dois:

Eu e você

Que depois vira nós:

Eu e ele

Ele, o blog

O blog que um dia foi meu

E que agora é meu e teu

Por isso este blog hoje é mais que um

Pois este um vira dois

Pra que eu possa lhe dizer

Que muita coisa, por aqui, virá depois...

Meu desejo no Abrazar La Vida continuará assim: “Semeando abraços, sorrisos, memórias e amigos...”

Mais uma vez, obrigado pela sua companhia!

_____________________________________________________________________________
Gostou? Não gostou? Então, digitaqueeuteleio! 
Assine o nosso
Feed RSS e receba as atualizações do blog.
Ou torne-se fã da página do Blog no Facebook.

6 comentários:

  1. Uma das maiores conquistas na minha vida foi ter investido em algo que eu pudesse compartilhar com as pessoas (fossem 2 ou 2.000). O blog me trouxe não só sensação de liberdade, como amizades, compreensão do universo (meu e de todos). Nossos blos ficram amigos e a amizade se estendeu a gente. Fico muito feliz pelo ABRAZAR e por você. Parabenizo pelos dois anos e espero que estejamos aqui para comemorar os próximos 5, 10 e vários anos de sucesso. Este seu post é simplemente encantador. Abraços do Grande

    ResponderExcluir
  2. Então quer dizer que o "Falta quatro dias" era para o aniversário do Blog! Mas que beleza... não sabia o que significava e foi uma surpresa muito boa.

    Desejo que esse blog possa comemorar muitos outros aniversários para nos alegrar, informar, entreter e refletir sobre tudo o que se passa por aqui.

    Parabéns Marcelo!!! Muita saúde e sucesso pra você.

    Um forte abraço,
    Júnior Gonçalves

    ResponderExcluir
  3. Marcelo, meus parabéns, como é bom seguir caminhando com um blog e poder compartilhar as coisas que povoam nossas cabeças. Deixo meu abraço.

    ResponderExcluir
  4. Caramba dois anos de blog? Passou rapido até e pode ter certeza que esses dois anos se transformarão em numeros de idade cada vez maiores, vc é como eu, não vive mais sem esse mundo

    ResponderExcluir
  5. Má,

    Parabéns por mais essa conquista! E digo conquista porque você o faz com muita dedicação e seriedade. Admiro muito você e tudo que faz. Sou e sempre serei sua eterna fã... e com certeza a nº1, pode acreditar!! Quando eu crescer quero ser assim..como você...Felicidades pelo blog, que por sinal faz "niver" junto comigo, isso é uma honra...valeu!!
    Continue brilhando, maninho.
    Amo você e Parabéns pelo "Abrazar la vida"

    ResponderExcluir
  6. Marcelo,

    Meus parabéns, dois anos é uma marca considerável para um blog, e deve ser comemorada. Que mais anos e anos venham, e que possamos continuar apreciando o que escreve por aqui.

    Grande abraço, e parabéns.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO