sábado, 25 de agosto de 2012

4 Abrazos de Vida! #vem_gente

por Marcelo Moraes
É post! É post! É post, é post, é post…

Bolo_4anos

Trezentos e sessenta e cinco dias vezes quatro (incluindo o ano bissexto). Este é o tempo em que o #ALV está no ar! Em 21 de agosto mais uma velinha apagada e com orgulho! Não foi possível fazer aquele tradicional post de comemoração no dia, mas é claro que não deixaria esta data passar em branco.

Quando comecei a blogar, alguns blogueiros, assim como eu, também começavam a engatinhar na blogosfera mas outros já tinham algum tempo na estrada. E vez ou outra os via comemorando seus três, quatro, cinco, dez anos de blog, e pensava: “Nossa, será que um dia eu chegarei nesta idade também? Será que vou conseguir ter um blog por tanto tempo? Será que vou desistir? Será que não terei mais tempo? Será que faltará assunto? E o “será?” prevalecia em minha mente. Felizmente estas dúvidas iam diminuindo a cada ano que completava um ciclo no blog, e hoje, completando mais um estou ciente desta companhia virtual sempre presente em minha vida. É sim um canal de comunicação ao mesmo tempo que é de
isolamento. Mas um isolamento mental, onde você tem um espaço ou alguém para dividir aquilo que, de alguma forma, te faz querer “exteriorizar”. É a necessidade de dividir e não de se expor (como é comum às pessoas dizerem por não terem um blog ou não conhecer este espaço virtual). É um processo lento de transformação que passamos (precisa explicar?), o qual nos dá um apoio constante. Nestes quatro anos eu dividi ou me dividi com as minhas ideias, sugestões, questionamentos, surpresas, tristezas, decepções, bom humor, emoção, conquistas e divertimento. Enfim, um combo de sensações.

Digitando textoE quando o assunto é “Redes Sociais”, vez ou outra, a mídia destaca que elas estão acabando com os blogs ou com o futuro dos mesmos! Só lamento este modo de pensar, afinal, os correios não faliram ou deixaram de ser com a chegada do e-mail. Desta forma, jamais uma rede social (que pode ser duradoura ou temporária) conseguirá tirar o espaço que um blog ocupa há tanto tempo. Isso só tende a mostrar que o modismo não é um mostro aterrorizante para a blogosfera, afinal, o único lugar virtual que eu conheça em que você possa compartilhar as suas palavras, transferir um pouco do que você é e da forma que deseja, como um blog, afinal, é um diário virtual (pelo menos foi esta a ideia inicial quando fora criado, lembra-se?), pois as redes sociais, para quem não é tão questionador do que nos é oferecido, procuram de alguma forma induzir o usuário a expor-se ou a expor uma realidade distorcida à sociedade que ele queira criar nestas redes. Seria aquela festa que não tem convite de entrada nem faixa etária para frequentar, mesmo tendo as regras estabelecidas no local. Os anos passam e as pessoas continuam confundindo exposição com compartilhamento com a sua rede. Sei que cada um pensa diferente sobre o tema, e eu não desaprovo uma rede social, pelo contrário, não me vejo desligado deste espaço virtual com a ideia de que a vida será melhor, afinal, o nosso mundo não caminha mais para o MS-DOS, ele avança para o alto e o ponto com! O bom senso é a minha ferramenta diária por lá, sempre disse isso.

Postagem paga nos blogs

Entretanto, no blog, esta forma de indução/exposição não é necessária ou não tem a mesma força que nas redes (Graças a Deus!), pois é o teu espaço/local/território onde quem o defende é você! Quem o alimenta e o fortifica é você! E ninguém precisa ficar vendo ou comentando (ironicamente ou não) aquilo que não o agradou ou que lhe “incomodou”. Aqui, se as nossas palavras não agradam, a pessoa tem o direito de expor as suas opiniões, desde que use o respeito e a educação, pois serão as palavras que lhe dirão também com quem estamos lidando. Contudo, o blog serve de filtro, pois compartilhar pensamentos em forma de textos (longos, principalmente) não é uma tarefa fácil não. Quando se vê um post pronto, é como num show, filme, programa de tv ou qualquer material de informação e entretenimento. Tem um longo trabalho de elaboração, e mesmo um simples texto requer alguma dedicação antes, durante e depois de sua publicação. Quem quer acrescentar algo para si, ter um blog é um bom começo. Estou tão satisfeito com o meu que pouco ou nada conheço sobre outras redes de relacionamento ou compartilhamento, além de seus nomes. Se está bom para mim, por que eu iria mudar?

Saiba como foram os outros anos comemorados de aniversário do blog #cliquedjá

Um ano de Abrazar La Vida!

Mais um sopro de letras

Abrazar La Vida completa três!


Obrigado a gente diz sempre!


Aos amigos e colegas blogueiros que passamos a conviver desde o primeiro ano, o meu MUITO OBRIGADO por esta sintonia que dividimos neste tempo. Não gosto de citar nomes para não parecer injusto com um ou com outro, mas todos têm a sua importância nesta data comemorada.

4 comentários:

  1. Acredito que as redes sociais não mataram os blogs, apenas levaram os leitores mais preguiçosos.

    Parabéns Marcelo! Muitos e muitos anos de posts para você.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog, pela data e por manter-se firme na arte de blogar conhecendo a si melhor e aos outros também =D
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não me pergunte como cheguei aqui......e gostei do que li e vi....acho que cada um tem seu publico "alvo"no blog,ao fazer um estamos legando nossas experiências,expondo nosso intimo,é um filho que requer muito carinho.Tenho 6 netos dos 16 aos 4 anos,se não me atualizasse não teria o que conversar com eles,participar ,trocar experiências,e sei que eles tem o maior orgulho de mim por estar "antenada",e no fim o que foi para "não perder o bonde da modernidade",se tornou um prazer para mim.O blog é lento e suave....não tem a rapidez das redes sociais,que para te ser sincera "vai saturar"é tão fulgas e passageiro,encontrei amigos que a anos não via,trocamos mensagens e carinhos.....mas e daí...ficar lendo mensagens de auto ajuda ou defesa de animais abandonados e maltratados ,fotos de decoração de outras realidades e paises que não o nosso......enche....Enfim nada vai matar os blogs bem feitos (modéstia não é uma qualidade minha)..
    Quem nos frequenta sabe que temos qualidade para continuar por anos postando qualidade....Parabéns pelo blog .....muitos anos de postagens.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mara, você resumiu exatamente o caminho das redes sociais em relação ao blog: traçam caminhos bem diferentes e dificilmente o dos blogs ficara sem continuidade. Esta relação leitura e tempo faz a diferença. Com o tempo você que as postagens tornam-se mais apuradas e continuam despertando aquele desejo de coisa boa, de nostalgia, que as redes sociais criam como tsunami com aquelas imagens e logo em seguida já desviam pra outras mensagens pré-escritas. Obriagado pela visita e seja bem-vinda!

      Excluir

Related Posts with Thumbnails

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO