segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

E aí, Amizade!

“Amigo estou aqui!”



Não podemos mais voltar no tempo e ter aquela convivência diária na sala de aula. Não podemos dizer “que pena que eu nao vivi tudo isso na época em que eu mais precisava” disso ou daquilo.

Não é hora de queixas, lamentos, tampouco arrependimentos, pois a amizade é aquele muro de proteção o qual ninguém é obrigado a construí-lo, muito menos determinar a melhor época ou altura, mas sabemos que tê-la em nossas vidas nos serve, ora de base, ora de apoio, ora de companhia, ora de puxão de orelha, ora de ensinamentos, ora de distanciamento e proximidade. É sinônimo da palavra eternidade!

Amizade não vem pronta, ela chega com a matéria-prima AMIGO de forma “bruta”, aos poucos ou eternamente ela é lapidada para expressar o seu estimável valor. Uns, com o tempo, percebem que ele se desfaz, uma prova de que há, no mundo, elementos de baixo teor de qualidade, porém há outros que pouco esforço fazem para que ele apareça, e quando isso acontece, é fato: mais um tijolo no muro é adicionado. Às vezes parece que este muro nunca vai crescer ou que nem vai começar, mas basta misturar ao preparo da "massa" a palavra tempo, que um novo olhar passamos a ter.


"Quem tem um amigo nunca está sozinho"

SnoopyAmigoPor vezes acreditei nesta afirmativa, mas com o tempo passei a ver que isso pode ser mais complexo do que parece. Quantidade nem sempre foi sinônimo de qualidade. As redes sociais reforçam isso a todo instante cada vez que alguém posta indiretas sobre os "novos amigos" que te adiciona e nem "oi" diz. Porém, a nossa diversidade de seres fazem-nos também pessoas únicas, com a capacidade de mostrar um algo mais que ser apenas um a mais. Quando temos a quantidade na amizade notamos em cada um um pouco de você: aquele que parece contigo no jeito de pensar; aquele que parece contigo no jeito de falar; o que parece contigo no jeito de encarar as dificuldades ou desafios; aquele que parece contigo em vários aspectos ou em apenas um. Por isso, em cada momento de nossas vidas podemos nos completar com cada um deles. Isso, pra mim, é que é ter um “amigo pra todas as horas”. Há quem pense o contrário, há quem sempre pensará, mas há também aquele que faz do único amigo, refém da sua própria liberdade de ser você. Um pouco de mim vejo multiplicado neles e um pouco deles vejo somado em mim. A amizade, entao, passa a ser uma somatória de valores, sentimentos e o melhor, satisfação!


Quem tem amigos nunca está sozinho!


Por vezes me interroguei: "Por que dizem tanto da amizade, reforçam tanto a sua importância, às vezes até mais que a da própria família?
Talvez seja porque somos seres vivos: nascemos, crescemos e temos amigos. Explicar pra quê? Deixa como está...

__________________________________________________________________________

Amizade. Esta é a palavra que resume o meu ano de 2012. Este foi o ano de muitas mudanças (como citei, ano passado, no post: “Recomeçar: Por que não?"). Graças a Deus todos os planos puderam ser praticados, tirados do papel.  Graças às amizades, obtive conquistas profissionais e pessoais. Tudo poderia se resumir em um simples “eu mereço porque eu me esforcei”, mas injusto seria se não adicionasse o “graças aos SUPER  amigos que conquistei!”, pois em todos os momentos eles estiveram conectando todos os meus passos: os certos, os errados, os justos e os equivocados. Dizer um Muito Obrigado parece pouco, mas sempre acreditei no poder desta palavra, que embora simples tem um alto teor de significado. Tudo fica mais completo, prazeroso quando sabemos que a amizade é compartilhada, é recíproca, é confiavel, é verdadeira. Pode ter diversos estilos, mas sempre nos leva a uma sintonia ímpar e única em nossas vidas. Não tem o amigo que é igual, mas tem o amigo que é parecido. E assim é a nossa vida: a minha não é igual a tua, mas pode ser parecida - podemos ter os mesmos amigos, mas nunca a nossa amizade com eles será a mesma, mas parecida.

Deixo aqui o meu MUITO OBRIGADO a todos os amigos que hoje sei QUEM são, como são e que me fazem ser especial para eles, de alguma forma. Foi muito bom SORRIR por dentro mesmo quando eu não podia fazê-los sorrir por fora. Deixo o resto para a música falar por si… Obrigado por fazerem de 2012 o meu ano da Amizade!

Letra da Música: Esporte Fino Confortável

2 comentários:

  1. Tal como você Marcelo, 2012 foi o ano da amizade para mim. Na vida off-line estreitei alguns laços de amizades que me fizeram crescer como pessoa, aproveitar os bons momentos da vida e desfrutar de ótimos passeios. E, na vida online, meus amigos, que nem conheço pessoalmente, continuaram me apoiando e ajudando para crescer cada vez mais como profissional. Em ambos os casos, simplesmente agradecer seria pouco diante do muito que fizeram por mim.

    Excelente texto Marcelo, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Tanto amizade quanto o amor - e a amizade não deixa de ser uma forma de amar - se solidificam com a convivência, principalmente quando estamos por baixo. Amigo que só aparece nas horas boas, não é amigo - é colega!
    Nas redes sociais, toda nomenclatura se torna estranha: Amigo, seguidor ou fã, qual a melhor?
    Marcelo, muito bom que conseguiu realizar todos os seus planos no ano que passou. Eu não sei se realizei todos! Mentalmente fiz uma lista colocando no topo, aquilo que deveria ser prioridade e acho que esses eu consegui finalizar. Algumas coisas que queria fazer no início do ano passado, foram mudando a minha vontade e substituídas por outras - reciclei meus planos!!
    Agora que o carnaval acabou, feliz ano novo!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO